Heroes – 3×15 – Trust and Blood

Publicado: 11 de fevereiro de 2009 em Heroes
Tags:, , , , , , , ,

Exibido em 09.02.2009 na NBC

Talvez exista uma esperança para Heroes. Nesse episódio começam indícios que essas pessoas com habilidades podem agir de maneira inteligente e com um objetivo comum. Podemos até dizer que nasceu aqui uma equipe de heróis.

Mas vamos à realidade. Sylar, na sua vilania, ainda é mais focado e mais esperto que os tidos heróis, que continuam a desfilar uma penca de patetices num mesmo lugar e em poucas horas. Ok, a culpa é sempre do roteiro.

De início temos o avião já acidentado no solo, partido ao meio. A queda foi nos EUA, em Arkansas. E não na África como foi sugerido no episódio anterior. Isso posto, já começam as mancadas. A equipe de The Hunt, seu nome é Danko, surge em pleno ataque, próximo ao local da queda. Eles atiram. Muitos tiros. Ninguém aparece sendo alvejado. Mas eles atiram. Detalhe: todos os heroes estão de macacão laranja, constituindo um belo alvo. E continuam a correr. Eles, que não usam seus poderes para se safarem. Apenas correm. E escapam.

Como pode a equipe de Danko, que se mostrou tão competente antes, não conseguir capturar ninguém? Facilidades de roteiro, claro. Bom, mas o volume se chama Fugitivos. Eles precisam estar em fuga. Isso seria bem compreensível, mas os heroes começam a correr de volta de onde saíram!!!

Tudo porque Parkman invadiu (com determinação) um trailer para roubar… o kit de lápis-de-cor de uma criança e então poder desenhar. Ai ai. Ok, entre os desenhos ele vê Daphne ser alvejada. Por isso ele volta. Ah, bom, super lógico, é o seu amor. E não é que ela morre mesmo? Ela só teve valia para trazer Ando do Japão.

A cena que a velocista morre é a continuação da forçada de barra. Parkman pira e faz os soldados atirarem em si mesmos. Em seguida todos os heroes saem correndo de novo. E também não são capturados. Aquela quantidade enorme de tiros não chamou a atenção de nenhum outro grupo da equipe, correto? Não vou nem me perguntar por que aquele míssil (que só Deus e os roteiristas sabem de onde veio) atingiu um avião já vazio.

Peter e Tracy ficaram também num vai não vai, só que em relação a Nathan. Não demora e o senador passa a perna neles e captura a loira. Peter absorve os poder de vôo do irmão e escapa. Onde ele aterrissa? No trailer, no momento em que os outros chegam. Esse trailer super importante para o episódio (e de acesso impossível à Danko e equipe) não teve um mísero figurante por perto, pois serviu apenas para fornecer lápis e papel ao profeta…

Noah, Claire e Nathan. Outra dose insuportável de idas e vindas para preencher cenas. E no final ela volta mansinha para casa para pensar na vida e ser contatada através de mensagens no seu celular por alguém desconhecido. Isso foi um dos ganchos para o próximo episódio. O outro foi Angela mandando o filho se virar sozinho. E para terminar, Tracy recebendo aquele anestesiante nasal. Isso causa impacto? Quem se importa?

Vamos ao que interessa. Sylar continua a tentar obter informações de um membro da equipe de Danko. Quando os moradores da casa, Mary e Luke Campbell, mãe e filho, aparecem as coisas tomam outro rumo. Luke tem uma habilidade (um tipo de micro-ondas), mata o soldado e vira um sidekick do vilão. Simplesmente todas as cenas de Sylar salvaram o episódio da mediocridade. Obrigado, Gabriel.

Nota desse episódio: ***

Expectativa para o próximo: ***

Roteiro: Mark Verheiden

Direção: Allan Arkush

Audiência:

Anúncios
comentários
  1. Heroes é um caso interessante: não estou gostando dos últimos episódios, mas não consigo deixar de assistir um sequer! Este último foi um pouco superior aos outros, dando ao menos uma esperança de que as coisas irão melhorar.
    Sylar é o ponto alto de qualquer episódio! As cenas dele são sempre ótimas e nunca imaginamos do que ele pode ser capaz. Continuo esperando ansioso pela entrada de John “Luthor” Glover como pai dele, o que deve tornar as coisas ainda mais interessantes.

  2. netiteve disse:

    Adelson (TD Séries),

    Bom saber quem será o pai de Sylar. Promete uma boa presença em cena. Pelo menos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s