A Lei e o Crime – 1×06

Publicado: 13 de fevereiro de 2009 em A Lei e o Crime
Tags:, , ,

Exibido em 09.02.2009 na Record

Mais uma vez A Lei e o Crime apresenta um episódio que não une os dois núcleos principais, o morro da Alvorada e a delegacia de polícia da região. Ao menos há um entrelaçamento entre Nando e Romero. Porém, o motivo não é de ordem criminal, e sim, o desejo de vingança estabelecido entre os dois; que também é um tema central da série, embora um pouco esquecido depois dos episódios iniciais.

Desde que se refugiou no Alvorada para não ser morto por Romero, Nando conseguiu uma posição poderosa no tráfico local, mas o bem maior que deseja, sua esposa e filha, ainda está distante. Seu único contato de informações da família passou a ser Josefa, uma amiga da vizinhança. Acontece que esta nada mais é que uma isca de Romero.

Nando acaba percebendo que cairá numa armadilha armada pelo ex-cunhado e trata de virar o jogo. Ele efetivamente não tenta matar Romero, por enquanto, mas consegue ir pessoalmente a sua antiga casa e levar Olímpia e Sandrinha dali.

Romero e mais alguns comparsas policiais acabam matando um casal não identificado quando disparam pesadas rajadas num carro de vidros escuro. É uma cena de impacto construída para se imaginar o pior, mas já era difícil crer que Tião, um dos braços direitos de Nando, estivesse de fato ali dentro, sendo um cara tão esperto. Aliás, conferindo a placa do carro, descobre-se que é um outro.

Josefa, a amiga de Olímpia, aproveita que os policias estão desnorteados, por terem sido passados para trás, e foge. Um detalhe sobre ela, revelado somente agora, é que teve um relacionamento antigo com Romero. Não que acrescente algo que mude qualquer atitude de ambos.

Já se instalando no morro, Olímpia conhece Gislaine, a Lacraia, que é a atual amante de Nando.  A troca de olhares entre as duas já diz tudo. É o lado novela que sempre surge uma hora ou outra na série. O que não deixará de ser motivos para grandes tensões em episódios futuros, com boas possibilidades de desdobramentos.

Na delegacia, Catarina prossegue com o inquérito sobre a morte de Berlusco, o delegado que ela sucedeu. Para isso convoca para depoimento o ex-policial Cícero, atual presidente da Associação dos Moradores do Cabeção, e também o chefe da milícia que ali atua. O miliciano não se compromete e ela parte para uma investigação na favela, onde passa a ter certeza que Cícero está envolvido em pelo menos um duplo assassinato. O que consegue de concreto é providenciar uma situação que todos a querem morta.

O quarto pé da série, Leandro, que sempre corre por fora, e sempre tem uma maior consistência dramática, dessa vez age de forma estúpida e se deixa ser pego por um segurança enquanto espiona uma conversa entre Renato, o marido de Catarina, e dois empresários. O assunto: caixa dois.

O desenlace da cena é fraco e o segurança acaba morto naquele clichê de uma arma que dispara enquanto um tenta tomá-la de outro. O bandido sempre morre, óbvio. De útil para a série é deixar claro que Renato comete atos ilícitos e não será bom ter uma esposa-delegada tão caxias.

O episódio segue o padrão costumeiro, com cenas interessantes rodeadas de outras nada criativas. O contexto das situações ainda soa melhor que o resultado final.

Nota desse episódio: ***

Expectativa para o próximo episódio: ***

Roteiro: Marcílio Moraes

Direção: Alexandre Avancini

Audiência: 24 pontos

Anúncios
comentários
  1. Paula disse:

    Oi!
    Essa série eu não assisto, é nacional, né?
    Um fim-de-semana maravilhoso pra vc!
    Bjos,
    Paulinha
    http://frasesdeseriados.blogspot.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s