Descolados – 1×02 – Namorada

Publicado: 30 de julho de 2009 em Descolados
Tags:, , , , ,

Exibido em 20.07.2009 na MTV

O que se procura logo quando se encontra sozinho? Alguém. O desenrolar desse segundo episódio de Descolados é por aí. Morar fora da casa dos pais parece que condiz com a liberdade de estar com quem bem entender.

Pelo menos é o que prega Lud. Como também uma não necessidade de se ter um parceiro fixo, se permitindo experimentar outro a cada nova oportunidade. Claro que ela diz isso enquanto vê amigos deixando de ter acompanhantes variados e achando que não curtem a vida.

No decorrer da trama Lud acaba negando seus princípios libertários com um misto de moralismo paterno e vingança típica de criança mimada. Marcelo é um cliente lá do clube que logo se engraça por ela e parte para a transa sem compromisso. O esquema funciona até ele cair na cilada de ser fraco com a relação. Lud é apenas a “outra”, pois possui uma “titular”, a namorada. Sem mais nem menos Lud trata de deixar claro que se não controla a relação, no que se refere a escolher um macho só pra si, deve terminá-la se sentindo ainda por cima.

O roteiro não dá margem para explicações mas é natural pensar que a atitude treslocada de Lud é fruto da falta de maturidade nas relações, o que faz surgir essas reações vingativas numa situação que instantes antes pregava como ideal. Em suma, é a juventude tendo um pensamento antiquado de seus próprios atos.

Felipe já trilha esse caminho de uma forma mais consciente. Ele tenta arranjar uma moradia mais formal numa república, fugindo do impulso de morar precariamente no apartamento da recente amiga. Quando a vaga está garantida se arrisca no duvidoso, deixando de lado as regras do que é mais seguro para viver.

E enquanto decide por isso ou não surge um relacionamento com Clara, sem delonga, e mais por parte dela do que dele, que ainda pensava na ex e até o deixava confuso. Aliás, as mulheres são todas dominantes nessa série. Até na linha de história de Teco.

O bauruense se firma como o personagem cômico de Descolados. Na sua neura de ser descoberto longe de Londres ele cisma que uma vizinha, de outro prédio o conhece. Quando ele faz um sinal para se encontrarem lá na rua a garota surge imediatamente e com segundas e terceiras intenções. O que gera uma situação engraçadíssima dela acreditando que a história do sigilo ser uma desculpa de um passa-fora por ela ser supostamente feia.

Com essa já são duas chances perdidas de um enlace amoroso (sexual que seja) de Teco. Será que ele será o virgem oficial, como em tantas séries adolescentes? Aqui ele nem chegou a pensar na possibilidade de algo com a vizinha tamanho o medo de ser descoberto pelos pais, mas que ele pode se tornar um personagem caricato nessa linha não há dúvidas.

Nota desse episódio: ****

Expectativa para o próximo episódio: *****

Roteiro: Rodrigo Castilho & Marcelo Montenegro, Fernanda D’Umbra e Cássio Koshikumo

Direção: Luis Pinheiro

Audiência:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s