Cinquentinha – 1×02

Publicado: 10 de dezembro de 2009 em Cinquentinha, Minissérie
Tags:, , , ,

Exibido em 09.12.2009 na Globo

Não, Cinquentinha não se refere à idade das personagens, mesmo porque elas estão na casa dos sessentinhas, e sem o menor problema. Ou melhor, esse episódio fica muito focado nesse tema através de sua protagonista principal. A ponto de se cometer um crime por conta da idade.

Aqui entre nós, qual é o problema de se dizer a idade que se tem? Por que é indelicado perguntar? O que adianta o ser humano se propor amadurecer durante sua vida se terá que ficar melindroso com a sua real idade? Uma coisa está associada à outra.

Lara Romero parte para a agressão ao ser perguntada a idade. Ok, uma vez é engraçadinho. Com a insistência da repórter durante o episódio inteiro a piada vai para o ralo. Com isso temos um terço das possibilidades dramáticas da minissérie já desperdiçada.

Já para a Marina Santoro a situação desanda de vez com a insistência de sua amiga lésbica. Talvez seja cedo para afirmar, mas parece que esse plot de perseguição gata e rata será contínuo e sem nenhuma variação. E para já martelar alguma mesma tecla a Marina voltar a repetir que é jovem, num intragável bordão. Ok, já entendemos, Aguinaldo.

A trama do neto revoltado pelo menos se abre para a família, mas, como um mantra mal utilizado, o jovem não irá sair disso. E numa resolução rápida da situação, a recuperação da alergia agressiva foi uma mágica.

Quem menos andou com a história foi a Rejane Batista. Apesar da aparição do filho, a única novidade foi aumentar esse núcleo de personagens. Ele não trouxe nada de novo. Marília Pêra era a antiga intérprete. Pelo jeito ela fez bem ao desistir por considerar a personagem com pouco destaque.

A trama principal, como já acontecia, continua no que já era conhecido através das chamadas pré-estreia. Agora elas sabem os termos do testamento e não concordam. Óbvio.

Com apenas dois capítulos a minissérie deixa a evidência que precisa amadurecer. Claro que isso não acontecerá. O ritmo, o tom, as possibilidades abertas, tudo, não dão margem à esperança alguma. É uma atração velha e ultrapassada. Pena que a audiência endossa algo tão fraco.

Nota desse episódio: **

Expectativa para o próximo episódio: *

Roteiro: Aguinaldo Silva

Direção: Wolf Maya

Audiência: 22.2 pontos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s