Lost – 6×02 – LA X Part 2

Publicado: 4 de fevereiro de 2010 em Lost
Tags:,

Exibido em 02.02.2010 na ABC

Lost sempre teve uma frase marcante e até definidora de tudo o que ela é: “Não me diga o que eu não posso fazer”. Não há um só personagem nessa série que não a tenha dito letra por letra ou num expressivo olhar.

Seja através de suas constantes trocas da forma de narrar sua história ou simplesmente na sua trama que não tem limites para a imaginação, e mesmo assim não deixando de ser crível, Lost começa o seu desfecho com uma nova máxima para si: “Nada é irreversível”.

Os produtores resolveram discutir esse novo tema de uma forma curiosa. Em duas frentes, eles apresentam a continuação de que tudo pode ser alcançado e também começam a dar pistas do que teríamos se não fossemos tão tentados a dominar o tempo, o espaço e a nós mesmos.

O vôo 815 finalmente chega ao aeroporto de Los Angeles. E recheadas de ironias, as vidas daqueles personagens que viveram e morreram juntos voltam a colidir de maneira ainda casual mas que certamente se enrolará mais e mais no decorrer da temporada. Lost já ousou ao colocar eles são e salvos do desastre antes do fim da série e agora nós diz na cara: ok, sem mistérios irreais, a vida segue assim…

Na ilha ocorre o exato contrário: vida que segue após a morte, como sempre em Lost. Assim como a angústia de uma vida perdida, como para todos os personagens da serie. A vida e a morte rondam essa segunda parte da estreia dessa temporada.

Um caixão despachado para o lugar errado é um erro bem possível, aliás, certamente já aconteceu muitas vezes em muitas companhias. O único problema é que parece que um morto é o bilhete de passagem para entrar nessa ilha. Será por isso que o avião não caiu? Aposto que não. Existe algo mais no ar.

No tempo presente do voo perfeito é Kate que tem a maior atenção. Não chega a ser algo novo suas escapadas, embora sempre seja interessante. É uma ação que empolga quem torce para a sardenta. E compensa o pequeno gancho dela esbarrar em Claire. Sendo que o próximo episodio será centrado nela então está tudo bem encaminhado.

De mais, LA X nos presenteia com duas grandes cenas de diálogos desse fecho de reestréia; que entra para as melhores de Lost, ao tratar das perdas e danos sofridos por Jack e Locke. Há uma amizade latente ali, coisa que nunca tiveram na “outra vida”.

O outro diálogo caprichado é de Ben e Locke do Mal (na falta de um termo melhor). Além da certeza que dali é provável que saia uma nova atitude de Ben temos a introdução de um mistério bem interessante, de que o tal inimigo de Locke quer nada mais nada menos que ir para casa. O dilema principal da série: como voltar em paz para o lar?

E confirmando o tema levantado e pondo em dúvida mais uma vez o que os produtores repetidas vezes disseram, mais um morto volta a viver, dessa vez Sayid. Afinal, morto é morto, ou não?

Nota desse episódio: *****

Expectativa para o próximo episódio: *****

Roteiro: Damon Lindelof & Carlton Cuse

Direção: Jack Bender

Audiência: 12,61 milhôes

</p>
<p><img class=”alignnone” src=”http://i483.photobucket.com/albums/rr197/netiteve/24Horas/24-8021.jpg&#8221; alt=”” width=”580″ height=”327″ /></p>
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s