Running Wilde – 1×01 – Pilot

Publicado: 25 de setembro de 2010 em Running Wilde
Tags:,

Exibido em 21.09.2010 na FOX

Uma coisa é certa: a boa piada é aquela que subverte o pensamento inicial, ou numa outra tradução, aquela que se descobre que estava em construção muito antes do que se achava ser sua introdução. Running Wilde faz parte do grupo de comédias que explora essa estrutura na construção, mais em função de situações cênicas do que no básico jogo de palavras da maioria das comédias.

Essa estréia envolve um time conhecido de outro projeto, o Arrested Development, com seus dois produtores, Mitch Hurwitz e Jim Vallely, e um dos atores, Will Arnett, aqui também acumulando a produção e a criação com a dupla. De complemento matador se inclui a atriz Keri Russell (Felicity) no principal papel feminino. Claro que o conjunto base não garante o futuro de nenhuma série, mas o fato de não ser uma sitcom tanto atrai quando afasta uma parcelada de espectadores.

Na verdade não é uma comédia pura, pois envolve pequenos plots dramáticos, como o protagonista vivido por Arnett, o herdeiro milionário Steve Wilde, ser um típico homem de posses que não possui realmente nada de útil para si. Outro é o que aparenta até ter sido solucionado, o relacionamento de Puddle e sua mãe Emmy, de certo uma fonte de vários atritos para o decorrer da temporada.

Há também o clima romântico entre Emmy e Steve, que de certo é o primeiro chamariz de Running Wilde se colocarmos de lado o humor. A química entre os atores funciona e é possível uma torcida logo de cara. Como ela tem um namorado (maluco, claro, como ela) não será fácil a conquista do milionário. Oh, sim, dinheiro não compra tudo: o mote da série.

A graça é mantida também por dois personagens coadjuvantes, um pau para toda obra e um mordomo que segura o lado emocional do patrão. O curioso que esses dois tipos são substitutos de um casal de atores do piloto que não foi ao ar. Seria interessante ver como foi a perfomance deles para se descobrir se eram inferiores ou não.

Dito tudo isso, todos os bons elementos, e como eles resultam num produto muito atraente e eficiente, não são suficientes para o teste da audiência, que costuma matar logo na saída programas de qualidade. Das estréias da FOX foi uma das que se saíram pior.

Nota desse episódio: ****

Expectativa para o próximo episódio: ****

Roteiro: Mitchell Hurwitz & Jim Valely & Will Arnett

Direção: Anthony Russo & Joe Russo

Audiência: 4,74 milhões

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s