Exibido em 19.09.2010 na HBO

Que a criatividade nos roteiros dos projetos de televisão superam os do cinema, essencialmente no mercado americano, é algo já bem sabido. Que atores de prestígio do cinema participam cada vez mais (e sem culpa) nas séries, assim como alguns diretores renomados dirigem algum episódio aqui e ali, também não é nada de novo. Então o que há para se observar de diferente em Boardwalk Empire?

Essa nova produção é acima de tudo um exercício do olhar. A começar pelo protagonista até o período retratado na narrativa, a época conturbada da Lei Seca. No geral, e até por ironia, esse piloto-duplo está mais para uma obra cinematográfica que televisiva e acaba por nos mostrar que quanto mais escapamos de algo mais retornamos ao que não conseguimos esconder. Leia o resto deste post »

Anúncios

Exibido em 20.09.2010 na NBC

Todos dizem a mesma coisa: é difícil uma série superar Lost em termos de mistérios apresentados e na sustentação deles. Ano passado, FlashForward foi a primeira a tentar quebrar esse mito, onde naufragou na sua narrativa morosa e na estrutura falha de apresentar novos elementos que não causavam mais impactos.

The Event, criada por Nick Wauters, consegue se sair bem por alcançar pontos que Lost usou também logo no seu piloto. Claro, o que veio na sequência é outra coisa, como aqui também será. O importante a se destacar é: o “inimigo” não se conhece, é algo que não se consegue nominar diante do pouco que os olhos viram. Leia o resto deste post »

Exibido em 8.09.2010 na The CW

Pessoas podem evoluir na carreira ou seguir por uma na qual nunca pensaram. Podemos dizer isso tanto da personagem principal de Hellcats quando de seu produtor, Tom Welling. Sim, ele é o ator que interpretou o jovem Superman na série homônima; que nas últimas temporadas se tornou um produtor executivo. A experiência parece ter sido tão boa que resolveu fundar uma companhia própria e agora apresenta como primeiro projeto essa história sobre cheerleaders.

Ao se ouvir que a série gira em torno de um tema tão rotineiro em séries e filmes que envolvam os jovens americanos se pode supor que será mais um produto mediano. Não é o caso, o texto, mesmo que sem surpresas, segura o objetivo de abrir uma temporada sem cair em todos os clichês possíveis. Leia o resto deste post »

A Cura – 1×03

Publicado: 26 de agosto de 2010 em A Cura
Tags:

Exibido em 24.08.2010 na Globo

Não há como evitar. Os corpos não ficam sãos para sempre, em algum momento eles fraquejam. Com série também é assim. De uma maneira ou outra acontece uma queda no ritmo ou na qualidade da história contada. A Cura dá sinais que tem problemas com o segundo item em função do primeiro.

No geral, pouca coisa se vê de novo nesse terceiro episódio. E se não fossem os minutos finais todas as cenas anteriores poderiam ser descartadas sem prejuízo da trama, pois o status quo não mudou quase nada da semana passada. …Continue lendo…

A Cura – 1×02

Publicado: 19 de agosto de 2010 em A Cura
Tags:

Exibido em 17.08.2010 na Globo

Nesse episódio a série estabelece uma ousadia maior que seu tema polêmico: na prática, deixa de lado seu protagonista e investe as forças nos seus demais personagens, que, pelo que se vê, estão abarrotados de mistérios e parecem convergir numa coisa só.

Podemos dizer que quem conduz toda a trama é a louca Edelweiss (Inês Peixoto). Cabe a ela fomentar o despertar do lado místico de Dimas, alfinetar cada um dos moradores importantes de Diamantina e ainda por cima se servir de gancho para um final de impacto do episódio. …Continue lendo…

A Cura – 1×01 – Piloto

Publicado: 12 de agosto de 2010 em A Cura
Tags:,

Exibido em 10.08.2010 na Globo

O espiritismo é algo rentável para a dramaturgia da Globo há tempos. O que começou com a telenovela A Viagem (1994), um remake da obra de Ivani Ribeiro, se expandiu em outros folhetins cada vez menos espaçados, como Alma Gêmea e a recente Escrito nas Estrelas. Não é de se estranhar surgir algum desdobramento desse filão no campo das séries.

A Cura trilha uma variante de tom polêmico: o curandeirismo. E se valendo de um bom texto marca uma distância enorme das referidas novelas que apenas mastigam um sentimentalismo barato apelando para discursos de vida e aparições múltiplas de alma penadas. Aqui, fica logo evidente que a desconfiança e a incredibilidade darão vazão a um bom drama, com toques de suspense e até mistério. …Continue lendo…

Exibido em 03.08.2010 na Globo

Na Forma da Lei se encerra da maneira mais vergonhosa que pôde. É a síntese mais sincera que se pode dizer de um produto que faz uso de todos os erros cometidos anteriormente e ainda acrescenta algumas derrapadas a mais.

Não é de se espantar, desde o início a série não se importou em tentar amadurecer ao longo da temporada ou ao menos mostrar que tinha algo de valor guardado para o final, mesmo que não tivesse uma base decente para trabalhar. …Continue lendo…

Na Forma da Lei – 1×07 – Olho por Olho

Publicado: 2 de agosto de 2010 em Na Forma da Lei
Tags:

Exibido em 27.07.2010 na Globo

Pode uma série cheia de defeitos viver sem o único elemento que lhe dá alguma sustentação dramática? Talvez os roteiristas de Na Forma da Lei não fizeram essa pergunta a si mesmos ao escreverem os episódios ou talvez eles pensaram (antes de ver a obra gravada) que os demais personagens teriam maior força e a ausência não seria sentida. Ledo engano.

Com o descarte de Viegas-pai a série tende a um fim nada animador e provavelmente burocrático, onde os cinco heróis exibirão aquele ar de vencedores e só. O alívio é que este é o penúltimo da temporada e temos que aturar o resto deixado na série por apenas mais uma semana e então esquecermos tudo num simples bocejo. …Continue lendo…

Exibido em 20.07.2010 na Globo

Foi no episódio passado, no antepenúltimo da temporada, que Na Forma da Lei resolveu apresentar ganchos consistentes ao invés do fraco olhar desejoso de Maurício sobre Ana Beatriz, naquele misto de amor e ódio que não condiz com os desdobramentos de uma série com um pouco de ação ou mesmo de suspense.

Porém, dando um tiro no próprio pé os roteiristas solucionaram todas as quatro pontas soltas então apresentadas e deixaram tudo como era antes. Claro, com um agravante: as sandices desfilaram aos montes e confirmaram que é assim que o barco toca por aqui. …Continue lendo…

Exibido em 13.07.2010 na Globo

Já circula o rumor que Na Forma da Lei terá uma segunda temporada. Isso pode até ser uma esperança de melhora futura, embora já sabemos de antemão que mesmo após um episódio mais arredondado (mas ainda com erros) eis que a séria já retorna a sua mesmice logo na sequência.

Quem ainda acompanha a série é porque realmente gostou desse estilo novelesco imposto pela direção de Wolf Maia, afinal não podemos culpar o tempo todo apenas o texto preguiçoso de Antônio Calmon e equipe. Em linhas gerais, o formato das telenovelas é algo que a própria audiência sabe que é banal e rotineiro e mesmo assim acompanha. …Continue lendo…

Na Forma da Lei – 1×04 – Maratona

Publicado: 7 de julho de 2010 em Na Forma da Lei
Tags:

Exibido em 06.07.2010 na Globo

Chegamos à metade da temporada de Na Forma da Lei e de maneira surpreendente o episódio da semana oferece uma qualidade superior à queda livre que exibiu nos três primeiros. Com certas cenas mais coerentes e tramas mais interligadas se dá a impressão que outro(s) roteirista(s) (ou alguém que não tenha palpitado antes) o escreveu.

O que o faz destoar do mau conjunto que o precedeu é que aqui a trama da semana, o crime da semana, se entrelaça com algum dos personagens principais, coisa mais que comum no gênero das séries que o programa da Globo tenta seguir mas não havia alcançado nem em sonho. …Continue lendo…

Exibido em 29.06.2010 na Globo

Existe uma regra na dramaturgia que diz: quem não sabe fazer, engana. Claro, ninguém formulou um conceito assim com tanta sinceridade num manual, porém é certo acreditar que os roteiristas de Na Forma da Lei estão de brincadeira com o episódio apresentado essa semana.

Mesmo numa série de temporada curta, a Globo geralmente trabalha com 10 episódios, a produção comete o equívoco ou desperdício de oferecer um episódio filler logo no começo da série, quando nem podem se gabar que todos os personagens estão bem definidos e a trama pode dar uma barrigada para captar mais anunciantes e faturar mais. …Continue lendo…

Exibido em 20.06.2010 na ABC

Uma série familiar sobre pilantras. Parecem contraditórios os dois conceitos, já que a malandragem é, na maioria das vezes, um exercício solo daqueles que a seguem, contudo, se passados os “ensinamentos” de pai para filho, podem se tornar um belo código de conduta a ser seguido.

Obviamente o formato da série cai na comédia, ou no mais exato, numa dramédia. Scoundrels exibe um bom equilíbrio e talvez um problema a se destacar é que não procura ficar o pé nem lá nem cá. Não emociona nem no riso nem no choro. De qualquer forma, está longe de ser uma sucessão de erros. Leia o resto deste post »

Exibido em 22.06.2010 na Globo

Certas séries não conseguem esconder a precariedade com que são elaboradas e produzidas. É o caso de Na Forma da Lei, que atesta com esse segundo episódio que não é capaz de fugir do buraco dramático que criou embaixo de si.

Mais uma vez o roteiro flerta com as estruturas de séries mas volta com carga total as de telenovelas, onde se exagera em clichês e na simplicidade das construções das cenas, fazendo com que o produto tenha momentos promissores e decepcionantes ao mesmo tempo. …Continue lendo…

Breaking Bad – 1×01 – Pilot

Publicado: 18 de junho de 2010 em Breaking Bad
Tags:,

Exibido em 20.01.2008 na AMC

Situações limites são os melhores pontos de partida de qualquer história. A bem da verdade, se um protagonista não sai de uma zona de conforto e entra numa bela enrascada não há o que contar e muito menos como atrair a atenção de um espectador. Breaking Bad é essa essência dramática até no nome, que tanto significa sair fora de linha quanto piorar algo que já estava ruim.

O responsável pela série é Vince Gilligan, que aqui também escreve e dirige o piloto. Ele foi um dos produtores do sucesso X-files e também de seu spin-off The Lone Gunmen, que não vingou. Aqui a batida passa muito longe daqueles mistérios fantasiosos, pois é a vida crua e real de um homem que não tem mais nada a perder. Leia o resto deste post »