Posts com Tag ‘Amidala’

Exibido em 13.02.2009 no Cartoon Network

Num bom presente de Valentine’s Day para os fãs, esse episódio foi exibido logo em seguida do anterior, constituindo uma boa continuação da trama relacionada ao vírus Sombra Azul.

Isso nos faz lembrar que a série tem a capacidade de apresentar uma história para um show de uma hora com facilidade. Além do lado técnico evidente da LucasFilm Animation também há o costume de desenvolver arcos de histórias com dois ou três episódios. Só para lembrar, destes 21 episódios (incluindo os três do filme no cinema) apenas quatro foram episódios solos. (mais…)

Anúncios

Exibido em 12.02.2009 na CBS

Na sua 18ª edição, Survivor aporta no Brasil pela segunda vez. A anterior foi em 2003, localizada em plena floresta amazônica. O local da vez é Tocantins, no Jalapão. Não por acaso, uma das tribos recebe esse nome e a outra o de Timbira.

Logo na abertura Jeff Probst, o apresentador, lista algumas referências ao Brasil, conhecido pelas lindas pessoas, o melhor futebol do mundo, praias espetaculares e cidades vibrantes e dinâmicas do mundo, para então pular diretamente para Tocantins à bordo de um caminhão bem antigo, da década de 80. Pareciam um bando de bóia-fria. (mais…)

Exibido em 13.02.2009 no Cartoon Network

Para início de conversa, se você espera pela continuação do episódio anterior, esqueça. Sem maiores explicações, tanto lá como aqui, The Hidden Enemy é de fato um material descartado daquele conjunto de episódios que formaram um longa-metragem e foi para o cinema, constituindo, pois, o prólogo do mesmo.

Agora que a raiva provocada pela pegadinha passou, vamos a esse episódio. A primeira coisa que chama a atenção é que ele retorna a um lugar bem conhecido, Naboo. Droids separatistas são encontrados no planeta e teme-se um novo ataque, como visto no Episode I. (mais…)

Exibido em 02.01.2009 no Cartoon Network

Depois de uma pausa de três semanas esse novo episódio começa como se tivéssemos perdido algum no caminho. Anakin foi capturado pelo Conde Dooku. Assim relata a narração de abertura. E seu mestre, Ob-Wan, parte em resgate até uma fragata Separatista. Não é bem explicado, mas ele se aproxima da nave usando um traje espacial. Algo inédito.

Ok, mais um resgate. Isso é repetido. Se somarmos todos os que já aconteceram em meros onze episódios e mais três juntados para o episódio-piloto já poderíamos achar que essa premissa cansou. Ocorre que “resgate” é um elemento clássico da série, portanto, ainda haverá dezenas deles nos noventa e poucos restantes episódios. (mais…)

Exibido em 21.11.2008 no Cartoon Network

Jar Jar Binks um jedi? Que a Força esteja com o universo!!!

O que podemos esperar de um episódio protagonizado por Jar Jar? Claro, um tom de comédia voltado apenas para crianças. E é o que o episódio entrega.

O interessante é a comparação entre C3-PO e Jar Jar Binks. Enquanto o primeiro exibe uma graça por seu notório medo por qualquer coisa ou no seu jeito formal de falar o segundo não passa de uma adolescente desastrado. Sem dúvida a personalidade de Binks foi o maior erro da trilogia prequel.

Co-estrelando esse episódio temos Amídala. Há uma certa repetição no padrão das tramas dela. Mais uma vez ela quer fazer diplomacia da forma mais desprotegida possível em tempos de guerra.

Por causa da traição de um amigo de sua família, tio Ono (Onaconda Farr), do planeta Rodia, Padmé acaba prisioneira na torre de detenção mais alta possível, configurando um típico conto-de-fadas (outro tom infantil aqui apresentado). Na falta do príncipe Anakin para salvá-la ficamos apenas com seu manto Jedi, que C3-PO e Jar Jar não fazem a mínima idéia porque está deixado num armário da nave da senadora de Naboo.

O que se vê a seguir é Jar Jar destruir tudo o que consegue com sua falta de controle de seus membros motores. Já com sua extrema inteligência ele tem a brilhante idéia de usar o manto para não ser reconhecido e, por isso, é confundido com um Jedi, numa situação para lá de forçada do roteiro.

No quesito esquisitices aparece um dróide caranguejo!! Como também um monstro lesma que faz amizade com Jar Jar e o ajuda a derrotar o pelotão de dróides de combates.

O ponto útil desse episódio é que o Vice-Rei Nute Gunray, que tentava obter apoio de Rodia, torna-se prisioneiro da República. No mínimo teremos já no próximo episódio uma ação de resgate por parte dos Separatistas. É uma boa promessa de ação.

Nota desse episódio: **

Expectativa para o próximo: *****

Roteiro: Kevin Rubio

Direção: Jesse Yeh

Audiência:

Exibido em 17.10.2008 no Cartoon Network

Essa última parte desse arco em três partes também começa do ponto onde parou no anterior. Essa continuidade é geralmente bem atraente porque não se provoca algum salto no tempo afim de colocar a história numa trama diferente e ser obrigado a uma nova contextualização.

Ocorre que justo agora seria interessante ter dado alguma passagem de tempo crível, pois o mote desse episódio, a aparição repentina da Senadora Amidala, soa mais do que forçado. Nos dois episódios anteriores a vitória da nave Malevolence era certa e o conde Dooku nunca teria um plano B.

Ok, é um programa de apenas vinte e poucos minutos e não dá tempo de desenvolver tudo de maneira mais plausível mas bem que se poderia tentar. Em todo caso, esse plano B do vilão ficou em contraste com a clássica piada da saga Star Wars em se ter um plano A ou um plano B quando se vai salvar a mocinha. Lembram? Han Solo e a princesa Leia começaram a se enamorar dessa maneira.

Tirando a forçada da situação, a idéia de uma refém “convidada” é muito boa e coloca a conclusão desse arco de história num bom nível.

Um destaque nesse episódio é a volta das gags entre R2-D2 e C-3PO , em vários momentos, sem deixar de lado as piadinhas rápidas com os droids separatistas.

No geral, esse episódio é o que mais se assemelha com os longas-metragens. Star Wars sempre teve essas seqüências de resgate como as mais eletrizantes e que sempre envolvem o expectador.

Mestre Plo acabou ficando como enfeite das duas partes finais apesar de ter tido na parte inicial uma grande participação. Já o General Grievous teve uma linha mais consistente nos três episódios e encerrou sua estréia com uma bela “desligada na cara” de Dooku. Ah, e que fique registrado, ele teve, com Obi-Wan, o primeiro embate direto com um Jedi e usando apenas dois sabres.

Nota desse episódio: *****

Expectativa para o próximo episódio: *****

Roteiro: Tim Burns

Direção: Brian Kalin O’Connell e Dave Filoni

Audiência: